EUA enfrenta surto de lesão pulmonar associada ao uso de cigarro eletrônico

Profissionais e departamentos estaduais e locais de saúde dos Estados Unidos estão investigando 530 casos de doença pulmonar, incluindo sete óbitos supostamente ligados ao cigarro eletrônico, conhecido também como “vapes”. Parte desses pacientes foram diagnosticados com inflamação pulmonar causada pela inalação de óleo.

De acordo com novos dados divulgados nesta quarta-feira (19) pelo Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC), as mortes confirmadas foram em seis estados dos EUA: Califórnia, em Illinois, em Indiana, no Kansas, em Minnesota e em Oregon. São o total de 530 casos de lesão pulmonar relatados em 38 estados e um território americano. A Food and Drug Administration dos EUA (FDA) indicou que muitas amostras testadas continham tetra-hidrocanabidol (THC), componente psicoativo da cannabis, além de quantidades significativas de acetato de vitamina E, que é uma substância presente em produtos e consumo tópico ou suplementos alimentares.

A prática do Vaping funciona aquecendo líquido e transformando-o em vapor para ser inalado. De um modo geral, os cigarros eletrônicos são considerados menos prejudiciais que os tradicionais, que funcionam através da combustão do tabaco que envia milhares de produtos químicos, muitos cancerígenos, para os pulmões. No entanto, existem problemas e contraindicações. Em 11 de setembro, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, anunciou que seu governo proibirá nos próximos meses os produtos de vaping com sabor, após o aumento de doenças pulmonares graves.

No Brasil, como medida de precaução e proteção à saúde da população, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) proíbe comercialização, importação e propaganda de quaisquer Dispositivos Eletrônicos para Fumar (DEF). 

É importante destacar que são necessárias mais informações para compreender se existe uma relação entre produtos ou substâncias específicas e as doenças relatadas.

Isadora Osório
Jornalista pela ESPM-Poa. Entusiasta pelas boas energias da vida e seus aprendizados. Em constante busca por desafios, evolução e networking. Atualmente, em especialização na área da saúde e bem-estar

Faça um comentário

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Redes Sociais

2,679FãsCurtir
603SeguidoresSeguir
54SeguidoresSeguir

Atualizações

“Bala de prata” contra covid-19 pode nunca existir, diz OMS

Comitê de Emergência da OMS prevê que pandemia de covid-19 dure muito tempo e, por isso, é necessário continuar os esforços para sua contenção.

Aplicativo Coronavírus-SUS ajudará a rastrear contatos de infectados com covid-19

O sistema conserva a privacidade, tanto do paciente infectado como da pessoa que recebe a notificação da possível exposição com o caso confirmado para a covid-19.

OMS alerta jovens sobre covid-19 “não são invencíveis”

Apesar dos jovens não serem a maioria dos mortos pela Covid-19, não se sabe quais serão os efeitos a longo prazo da infecção.

O que os números dizem sobre o novo coronavírus e a Covid-19 no Brasil

A contagem de pessoas infectadas desde o início da pandemia atingiu o total de 2,5 milhão.

Sua autoestima não depende só do que você vê no espelho

A busca por uma melhor autoestima tem sido, cada vez mais, um dos motivos para iniciar um...