Dia “D” de mobilização nacional contra o sarampo é neste sábado

0
387

Neste sábado (30), postos de vacinação de todo o país estarão abertos para o dia “D” de mobilização nacional contra o sarampo. A ação marca o final da 2º etapa da Campanha de Vacinação Contra o Sarampo, iniciada no dia 18, direcionada aos jovens com idade entre 20 e 29 anos.

O surto de sarampo ainda é preocupante no país. Atualmente, foram confirmados 11.896 casos e 15 óbitos pela doença até a semana 45. A maioria dos casos, 11.095 (93,2%) estão concentrados no estado de São Paulo, principalmente na região metropolitana.

Sarampo é uma doença infecciosa grave, causada por um vírus, que pode ser fatal. A transmissão ocorre quando o doente tosse, fala, espirra ou respira próximo de outras pessoas. A única maneira de evitar é pela vacina. 

De janeiro até novembro deste ano, em torno de 25% do público de faixa etária de 20 a 29 anos se vacinou. A meta para esta segunda fase é vacinar 9,4 milhões de adultos jovens. Para isso, o Ministério da Saúde garantiu a maior compra de vacina tríplice viral (sarampo, caxumba e rubéola) nos últimos 10 anos.

Para conter o avanço de casos, a mobilização acontece através da participação do Ministério da Saúde, secretarias estaduais e municipais de saúde de todo o país. Mais de 40 mil postos de saúde estarão abertos para vacinação do público-alvo.

“Fiquei sabendo sobre o dia D e resolvi aproveitar para fazer a vacina. Foi bem rápido e tranquilo, inclusive descobri que precisava fazer a vacina de febre amarela também, que fizemos junto. Agora o meu cartão de vacinação tá atualizado”, relata Raíza Borda da Silva, atendida no posto de saúde Piratini, em Charqueadas, no Rio Grande do Sul.

O público específico (20 a 29 anos) é o que acumula o maior número de casos confirmados de sarampo, de acordo com o último boletim epidemiológico. O maior problema não é a gravidade da doença e sim o fator de transmissão para os grupos mais suscetíveis às complicações da doença, como as crianças, por exemplo.

A patologia pode acometer tanto os adultos quanto crianças, com risco de complicações graves e até de evolução para óbito. Embora os adultos sejam mais resistentes que as crianças, as complicações são as mesmas.


A campanha

A Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo é uma estratégia para interromper a circulação do vírus da doença no país e acontece em duas etapas. A primeira etapa, que aconteceu entre 7 a 25 de outubro, teve como objetivo proteger as crianças de 6 meses a 5 anos, grupo mais vulnerável às complicações, sequelas e óbitos.

O Brasil atingiu a meta de vacinação de sarampo de 2019 com 97% de cobertura vacinal em crianças de até 1 ano, melhor cobertura vacinal dos últimos cinco anos. Total de 16 estados superaram o índice de 95% das crianças vacinadas. Outros 10 estados e o Distrito Federal ainda precisam buscar a meta para evitar a doença.

Os estados que atingiram a meta de vacinação são: Alagoas, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Pernambuco, Espírito Santo, Ceará, Paraná, Santa Catarina, Sergipe, Rio Grande do Sul, Tocantins, Goiás, São Paulo, Rondônia, Rio Grande do Norte e Paraíba.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here