A doença é guardar dinheiro

Feliz ano novo! É bem provável que esta tenha sido a frase mais ouvida por você nos últimos dias e talvez a ouça até o carnaval. Quero me juntar a estas pessoas e te desejar um feliz ano novo com saúde financeira.

De evidência dos bons modos ao profundo desejo de felicitar ao outro um melhor ano, certo é que o novo em 2020 depende mais das nossas ações no plano do fazer do que qualquer outro fator.

Seja você hoje um entusiasta dos investimentos ou um interessado no assunto, definitivamente, 2020 é o ano de investir

Portanto, fazer é investir em 2020.

E longe está de ser qualquer fazer, porque para a produção de resultados novos há de se fazer coisas novas. Então, antes de se sair fazendo é necessário ver o que já se fez e quais tipos de resultado gerou.


GUARDAR DINHEIRO É DIFERENTE DE INVESTIR.


Entre nós brasileiros, guardar tem sido sinônimo de investir. Não é. Curiosamente, apenas guardar dinheiro pode resultar em perda. Exatamente isso.

Vou te explicar. 

Uma pessoa que guarde R$ 2 mil por mês em conta corrente, se permite, talvez sem saber, a perder o poder de compra, porque com o movimento da economia (inflação), a quantia guardada valerá menos.

Já percebeu que as coisas, bens, produtos e serviços ficam mais caros com o passar do tempo?

Imagine uma família cujo custo de alimentação seja de R$ 1 mil mês e seus rendimentos de R$ 5 mil. Supondo que o custo de alimentação suba 12% no próximo ano, a família terá menos dinheiro para os outros compromissos.

Esta dinâmica é semelhante àquela de apenas guardar dinheiro sem investí-lo. 

Com o passar do tempo a quantia guardada é menor quando comparada às coisas que se comprava à época que foi poupada. E esse prejuízo corrói sua saúde financeira silenciosamente.

E é para este inimigo velado que quero te convidar a olhar a partir de agora, ano de 2020, e agir de forma a vencê-lo.

Nas próximas publicações irei te mostrar como desenvolver o hábito de investir e fazer progresso em sua saúde financeira.

Fique atento! 😉


Verão 2020: como manter a alimentação equilibrada nas férias

Câncer nos olhos: a importância da visita ao oftalmologista

Infohealth
Primeiro site de notícias de saúde do Brasil.

Faça um comentário

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Redes Sociais

2,679FãsCurtir
603SeguidoresSeguir
54SeguidoresSeguir

Atualizações

“Bala de prata” contra covid-19 pode nunca existir, diz OMS

Comitê de Emergência da OMS prevê que pandemia de covid-19 dure muito tempo e, por isso, é necessário continuar os esforços para sua contenção.

Aplicativo Coronavírus-SUS ajudará a rastrear contatos de infectados com covid-19

O sistema conserva a privacidade, tanto do paciente infectado como da pessoa que recebe a notificação da possível exposição com o caso confirmado para a covid-19.

OMS alerta jovens sobre covid-19 “não são invencíveis”

Apesar dos jovens não serem a maioria dos mortos pela Covid-19, não se sabe quais serão os efeitos a longo prazo da infecção.

O que os números dizem sobre o novo coronavírus e a Covid-19 no Brasil

A contagem de pessoas infectadas desde o início da pandemia atingiu o total de 2,5 milhão.

Sua autoestima não depende só do que você vê no espelho

A busca por uma melhor autoestima tem sido, cada vez mais, um dos motivos para iniciar um...