Confirmado o primeiro caso de coronavírus no Brasil

O Ministério da Saúde confirmou nesta quarta-feira (25), o primeiro caso do novo coronavírus no Brasil. O homem de 61 anos esteve no norte da Itália no período de 09 a 21 de fevereiro, à trabalho, e deu entrada no Hospital Israelita Albert Einstein, na terça-feira, dia 25, apresentando sinais e sintomas compatíveis com a suspeita da doença.

O paciente está em quarentena domiciliar e 30 pessoas da família estão sob observação. Segundo o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, ele estava assintomático e, depois de alguns dias, procurou um serviço de saúde com sintomas respiratórios. Antes, o paciente havia participado de uma reunião familiar.

O primeiro teste foi realizado em 2 de fevereiro pelo Hospital Albert Einstein e teve resultado positivo. A partir disso, foi enviada a amostra para o laboratório de referência nacional, o Instituto Adolfo Lutz, para contraprova. O exame então confirmou a existência do vírus.

Com o primeiro caso de coronavírus no Brasil, o país passa a ser o primeiro da América Latina com um caso confirmado do novo vírus que já matou 2.708 pessoas no mundo.

Em entrevista coletiva, o ministro da saúde garantiu que “a população brasileira terá todas as informações necessárias para que cada um tome suas precauções que são cuidados com a higiene e etiqueta respiratória, como lavar as mãos e o rosto com água e sabão. Este é um hábito importante e higiênico para evitar não só doenças respiratórias como outras doenças de circuito oral”.

Ministério da Saúde atualiza situação sobre o coronavírus em coletiva de imprensa.
Crédito: saude.gov.br

Atualização de casos suspeitos

Desde o início do monitoramento até esta quarta-feira (26), 20 casos suspeitos de infecção pelo coronavírus são monitorados pelo Ministério da Saúde em sete estados do país (PB, PE, ES, MH, RJ, SP e SC). Ao todo, outros 59 casos suspeitos foram descartados após exames laboratoriais apresentarem resultado negativo.

Para manter a população informada a respeito do coronavírus, o Ministério da Saúde atualiza, diariamente, os dados na Plataforma IVIS, com números de casos descartados e suspeitos, além das definições desses casos e eventuais mudanças que ocorrerem em relação à situação epidemiológica.


OMS declara coronavírus emergência de saúde pública internacional

Coronavírus e a indústria de novas tecnologias em saúde


Quais são os sintomas do novo coronavírus?

Os sinais e sintomas do coronavírus são principalmente respiratórios, semelhantes a um resfriado. Podem, também, causar infecção do trato respiratório inferior, como as pneumonias.

Os principais sintomas conhecidos até o momento são:

  • Febre.
  • Tosse.
  • Dificuldade para respirar.

Prevenção

A Organização Mundial da saúde (OMS) orienta cuidados básicos para reduzir o risco de contrair ou transmitir o novo coronavírus. Como:

  • Lavar as mãos frequentemente com água e sabonete por pelo menos 20 segundos;
  • Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;
  • Evitar contato próximo com pessoas doentes;
  • Ficar em casa quando estiver doente;
  • Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;
  • Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com freqüência.


Infohealth
Primeiro site de notícias de saúde do Brasil.

Faça um comentário

Deixe seu comentário

Artigos Relacionados

Redes Sociais

3,125FãsCurtir
603SeguidoresSeguir
55SeguidoresSeguir

Atualizações

Somente 1% de adolescentes do sexo masculino vai ao médico

Pesquisa foi feita com 267 estudantes de escolas públicas e privadas de 12 estados brasileiros de ambos os sexos, sendo 170 meninos e 87 meninas.

Doutor, você errou: breves dilemas e diretrizes sobre a caracterização do erro médico.

O erro aflige não somente o paciente que sofreu a intervenção médica ou o tratamento incorreto, mas também o médico envolvido, que terá de arcar com sérias consequências jurídico-disciplinares em função do equívoco.

Hepatites virais somam 40 mil casos no Brasil

No ano passado, de acordo com o Ministério da Saúde, foram notificados 37.773 casos da doença, que pode ser causada por cinco tipos de vírus: A, B, C e D.

Estudo com 50 mil pessoas aponta segurança da Coronavac contra covid-19

Instituto Butantan conduz no Brasil os testes clínicos da vacina contra o coronavírus na fase 3, realizados em quase 6 mil voluntários.

Johnson inicia teste final da vacina para Covid-19 em 60 mil pessoas

A Johnson & Johnson anunciou nesta quarta-feira (23) o início do ensaio final da potencial vacina a Covid-19, de injeção única, com...