São Paulo registra a primeira morte por sarampo em 2020

0
332

A Secretaria Estadual de Saúde (SES) confirmou na sexta-feira (28) a primeira morte por sarampo na capital paulista em 2020. A vítima é uma criança. Neste ano, foram confirmados 246 casos de sarampo em São Paulo. Em 2019, houve 17,5 mil ocorrências e 14 mortes por complicações decorrentes do sarampo no estado.

No dia 10 de fevereiro, a SES iniciou, em parceria com os municípios e o Ministério da Saúde, a primeira etapa da campanha nacional de vacinação contra o sarampo deste ano, a fim de alcançar crianças e jovens ainda não imunizados contra a doença. As doses serão aplicadas em pessoas na faixa etária de 5 anos a 19 anos. Até o dia 13 de março, as doses estarão disponíveis em todos os postos de vacinação do Estado de São Paulo. O “Dia D” será no sábado, 15, quando os postos de saúde estarão abertos para facilitar o acesso dos pais e responsáveis. A vacina tríplice viral protege contra sarampo, rubéola e caxumba.

O calendário nacional de vacinação prevê a aplicação da tríplice aos 12 meses e também aos 15 meses para reforço da imunização com a tetraviral, que protege também contra varicela. Para os bebês com 6 meses também devem receber a chamada “dose zero”, que não é contabilizada no calendário.

O foco abrange jovens de 5 a 19 anos que ainda não receberam as doses da vacina tríplice viral, que protege contra o sarampo, a caxumba e a rubéola.

A população nessa faixa etária pode receber as doses da vacina em qualquer posto de saúde até o dia 13 de março.

Em dezembro dezembro de 2019, o Estado do Rio de Janeiro confirmou a primeira morte por sarampo, em 20 anos. A vítima foi um bebê de 8 meses, que vivia no abrigo Santa Bárbara, local que recebe crianças acauteladas em situação de vulnerabilidade social, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense,


Sarampo: esclarecendo dúvidas e Campanha Nacional de Vacinação 2020


O que é o Sarampo?

Sarampo é uma doença infecciosa grave, causada por um vírus, que pode ser fatal. Sua transmissão ocorre quando o doente tosse, fala, espirra ou respira próximo de outras pessoas. A única maneira de evitar o sarampo é pela vacina. 

Segundo o Ministério da Saúde, os principais sintomas do sarampo são:

  • febre acompanhada de tosse;
  • irritação nos olhos;
  • nariz escorrendo ou entupido;
  • mal-estar intenso;

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here