Jogos olímpicos e paralímpicos são adiados por conta do novo coronavírus

0
401

Por conta da pandemia do novo coronavírus no mundo, o Comitê Olímpico Internacional (COI) e o primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, anunciaram, nesta terça-feira (24), o adiamento dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Tóquio 2020 para 2021.

A confirmação da impossibilidade do início das competições no dia 24 de julho foi anunciada por teleconferência. Além disso, a nota publicada no site de instituição esclarece que: “Nas atuais circunstâncias, e com base nas informações fornecidas hoje pela OMS, o Presidente do COI e o primeiro-ministro do Japão concluíram que os Jogos da XXXII Olimpíada de Tóquio devem ser remarcados para uma data posterior a 2020, mas o mais tardar no verão de 2021, para proteger a saúde dos atletas, todos os envolvidos nos Jogos Olímpicos e da comunidade internacional.”

Essa é a primeira vez em 124 da era moderna que os Jogos Olímpicos e Paralímpicos são adiados. Eles foram cancelados em três ocasiões: 1916, 1940 e 1944, por causa da Primeira e Segunda Guerras mundiais.

Tocha olímpica

A publicação ainda confirma que a chama Olímpica vai permanecer no país. A tocha chegou ao Japão na última sexta-feira (20), após cerimônia de acendimento, no Estádio Panatenaico, em Atenas, na Grécia.

A medida foi tomada após pressão de atletas e comitês nacionais pelo mundo todo criticarem a manutenção do calendário em meio a pandemia do novo coronavírus. Canadá, por exemplo, havia decidido que não mandaria competidores, caso os jogos ocorressem na data prevista. O Comitê Olímpico Brasileiro também engrossou o coro para a mudança do cronograma.

VEJA MAIS:
Desafios na saúde: qual estratégia sua empresa pode usar para enfrentá-los?
Covid-19: Porto Alegre restringe circulação de maiores de 60 anos
Governo de SP determina quarentena em todo o Estado

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here