Coronavírus no Brasil: 1,3 mil mortes e 23,4 mil casos confirmados

0
442

O número de casos confirmados do novo coronavírus subiu para 23.430 no Brasil, um acréscimo de 1.261 novas confirmações em 24 horas. O número de mortes também aumentou, agora são 1.328. Os dados foram repassados pelas Secretarias Estaduais de Saúde ao Ministério da Saúde até às 14h desta segunda-feira (13).

A maior parte das notificações está em São Paulo, com 8.895 casos confirmados e 608 mortes. Em seguida, os estados com os maiores números de mortes são Rio de Janeiro (188), Pernambuco (102), Ceará (91) e Amazonas (71). Apenas o estado de Tocantins não tem, até o momento, óbito pela doença Covid-19. A taxa de letalidade do país ficou em 5.7%.

Também foram registradas mortes no Paraná (31), Maranhão (27), Santa Catarina (24), Minas Gerais (23), Bahia (22), Rio Grande do Norte (17), Rio Grande do Sul (16), Distrito Federal (15), Pará (15), Espírito Santo (14), Goiás (15), Paraíba (13), Piauí (8), Amapá (5),  Sergipe (4), Mato Grosso do Sul (4), Mato Grosso (4), Alagoas (3),  Acre (3), e Roraima (3) Rondônia (2).


EVgr5JCXsAI87pv
Fonte: Ministério da Saúde

LEIA MAIS:
Como lidar com o isolamento social?
Quanto tempo o coronavírus sobrevive nas superfícies?
Fornecimento de remédios pelo Estado: afinal, qual é o meu direito?


Perfil de vítimas

Segundo as informações do Ministério da Saúde, no perfil das vítimas, 58,9% eram homens e 41,1%, mulheres. Do total, 74% tinham acima de 60 anos e 75% apresentavam algum fator de risco, como cardiopatia, pneumopatia, diabetes e doenças neurológicas.

No coeficiente de incidência (número de casos por 1 milhão de habitantes), Amazonas lidera (303), seguido por Amapá (281), Distrito Federal (209), Ceará (196), São Paulo (192) e Rio de Janeiro (186). Todas essas unidades da Federação estão mais de 50% acima da média nacional (111), na categoria de “emergência” de acordo com a escala do MS.

As capitais com maior incidência são Fortaleza (573), São Paulo (518), Manaus e entorno (482), Macapá (391) e Florianópolis (345). Na consideração por área de saúde, ganha destaque também na área central, no Amapá, com índice de 348, além de Rio Negro e Solimões, no Amazonas, com 305.

As hospitalizações por covid-19 totalizaram 4.926. No entanto, ainda há 31.605 pessoas internadas com Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) em investigação, dependendo de testes para averiguar se são casos de infecção por novo coronavírus ou não.


Foto:

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here