6 dicas para melhorar a felicidade durante o isolamento social

Pode até parecer estranho falar de felicidade no meio à pandemia do novo coronavírus e deste momento que estamos vivendo. A preocupação com a saúde e o bem-estar fisico é importante, no entanto, refletir sobre a saúde emocional não pode ser deixado de fora.

E por isso, talvez seja um ótimo momento para reexaminar comportamentos e escolhas da vida. Para construir e proteger o sentimento de felicidade, manter hábitos saudáveis é essencial, pois fazem bem tanto para o corpo quanto para a mente.

A professora de psicologia e chefe do Silliman College na Universidade de Yale, Dra. Laurie Santos, que é um especialista em cognição humana, destacou 6 coisas que podemos fazer mesmo durante o isolamento social para melhorar a nossa felicidade.


1. Pratique o autocuidado

O autocuidado é um conjunto de ações que cada indivíduo promove para manter a própria saúde e bem-estar. Ou seja, significa tudo aquilo que fazemos para cultivar qualidade de vida. Por isso, reservar um tempo para cuidar de si é essencial para a saúde, seja física, emocional e mental. 

Praticar o autocuidado é uma forma de melhorar inúmeros aspectos da vida e da rotina, principalmente em momento de isolamento. Realizar qualquer tipo de atividade física pode ser um bom início, pois além de movimentar o corpo, faz liberação da endorfina, o hormônio que traz a sensação de recompensa e bem-estar no organismo.

2. Faça meditação

A meditação é um exercício de foco e concentração que promove relaxamento físico e equilibra o psicológico de quem pratica. É um ótimo exercício para ajudar a controlar as emoções e amenizar os efeitos do isolamento social.

Os benefícios da meditação para saúde relacionam-se diretamente com o funcionamento do metabolismo. Até mesmo no sono a prática interfere. A partir dela, há total relaxamento do corpo e da mente, favorecendo os bons e mais vagarosos pensamentos.

Para começar a praticar, encontre um espaço em sua casa que você possa ficar sozinho e confortável. Ache uma posição que você se sinta bem, seja sentado, deitado, na posição de lótus, como preferir. Reserve 15 a 20 minutos de todos os dias e comece com uma respiração calma e concentrada. Um dos princípios fundamentais da meditação é que mente e respiração devem estar unidas. Então basta prestar atenção na respiração para iniciar um processo de meditação.


Yoga: uma prática milenar que está “na moda”!


3. Tenha um sono de qualidade

O sono é importante para inúmeras funções cerebrais, afetando quase todos os tipos de tecidos e sistemas do corpo — cérebro, coração, pulmões, até metabolismo, função imunológica, humor e resistência a doenças. A saúde mental também é afetada pelo quão bem uma pessoa dorme.

Ter boas noites de sono é essencial para descansarmos o corpo e a mente, de forma a nos recuperarmos para o dia seguinte. Há uma relação muito próxima entre sono de qualidade e saúde mental, por isso é essencial para o bem-estar psicológico. Além disso, entre as funções do sono encontram-se a conservação de energia, restauração de tecidos, organização da memória, e secreção de hormônio do crescimento em crianças e adolescentes.

Dormir bem pode ser algo complicado no momento de isolamento, mas encontrar uma rotina pode auxiliar. O ideal é deitar no mesmo horário, evitar distrações como eletrônicos e criar um ambiente escuro e confortável.


Por que ter um sono com qualidade é tão importante?


4. Se conecte com as outras pessoas, mesmo que através da tecnologia

Neste período de isolamento social, a tecnologia se tornou uma aliada para a conexão com outras pessoas. As plataformas online possibilitaram a conexão, a união e a celebração, mesmo em tempos difíceis.

A tecnologia tem sido fundamental para dar continuidade às interações humanas, pois aproxima as pessoas. Por isso, neste momento, não deixei de conversar com seus amigos e familiares que estão longe. Aproxime-se, mesmo que pela internet, das pessoas e de momentos especiais.

5. Mantenha seu ambiente organizado

Pode parecer estranho, mas manter o ambiente organizado e limpo é muito importante para que preservar o próprio bem-estar e a saúde. Além da conservação para um ambiente mais saudável, manter o local adequado traz a sensação de conforto e aconchego, o que pode ser essencial em momentos difíceis.

Além disso, como no isolamento é preciso ficar mais em casa, ter o seu lar organizado e confortável é um ato de autocuidado, e com certeza vai trazer felicidade na sua rotina.


6. Agradeça

A gratidão é um sentimento muito especial e que transforma nosso jeito de lidar com certas situações. Além disso, ajudar e ser ajudado pode criar laços e oportunidades que podem trazer muita felicidade. Portanto, agradecer pelas pequenas e grandes coisas da vida podem fazer você se sentir mais feliz, calmo e otimista.

Pense em algum item dessa lista e tente começar a praticá-lo hoje, sempre respeitando o seu tempo interno e aquilo que faz sentido para você. Mas não deixe de ser feliz!


LEIA MAIS:
10 dicas para cuidar melhor da sua saúde mental
Como lidar com o isolamento social?
Por que ter um sono com qualidade é tão importante?

Infohealth
Primeiro site de notícias de saúde do Brasil.

Faça um comentário

Deixe seu comentário

Artigos Relacionados

Redes Sociais

3,123FãsCurtir
603SeguidoresSeguir
55SeguidoresSeguir

Atualizações

Somente 1% de adolescentes do sexo masculino vai ao médico

Pesquisa foi feita com 267 estudantes de escolas públicas e privadas de 12 estados brasileiros de ambos os sexos, sendo 170 meninos e 87 meninas.

Doutor, você errou: breves dilemas e diretrizes sobre a caracterização do erro médico.

O erro aflige não somente o paciente que sofreu a intervenção médica ou o tratamento incorreto, mas também o médico envolvido, que terá de arcar com sérias consequências jurídico-disciplinares em função do equívoco.

Hepatites virais somam 40 mil casos no Brasil

No ano passado, de acordo com o Ministério da Saúde, foram notificados 37.773 casos da doença, que pode ser causada por cinco tipos de vírus: A, B, C e D.

Estudo com 50 mil pessoas aponta segurança da Coronavac contra covid-19

Instituto Butantan conduz no Brasil os testes clínicos da vacina contra o coronavírus na fase 3, realizados em quase 6 mil voluntários.

Johnson inicia teste final da vacina para Covid-19 em 60 mil pessoas

A Johnson & Johnson anunciou nesta quarta-feira (23) o início do ensaio final da potencial vacina a Covid-19, de injeção única, com...