A motivação durante o isolamento social

A quarentena e o isolamento social têm causado diferentes impactos psicológicos nas pessoas, desde tédio, irritabilidade, episódios depressivos e ansiosos[1], incluindo a perda do interesse e da motivação com relação às atividades do cotidiano. Além disso, esses impactos devem ser observados com bastante atenção, uma vez que as consequências são amplas e podem perdurar por longos períodos, trazendo sérios prejuízos para a saúde física e mental[1].

Neste sentido, a motivação tem um importante papel, visto que atua de maneira direta e indireta na manutenção das atividades de lazer, rotinas de trabalho e outras atividades do cotidiano, as quais sofreram drásticas e inesperadas mudanças durante o período de isolamento social.

Uma vez que, a motivação se insere como uma das causas do início e da manutenção de uma determinada atividade, de um conjunto de ações ou a direção com relação a um determinado objetivo[2,3,4], acaba se tornando um processo bastante complexo, pois envolve diferentes fatores e varia de acordo com o ambiente, os tipos de interação entre as pessoas e os aspectos individuais de cada uma delas[2,4,5]. Esse conjunto de fatores também envolve diferentes necessidades em nossas vidas[4], desde as mais básicas como: alimentação, água, sexo e sono; até as mais complexas como: relacionamentos sociais, autoestima, crescimento pessoal ou profissional.

Outro aspecto importante da motivação concerne à forma como ela se orienta. Por um lado, temos os fatores intrínsecos da motivação, os quais podem ser definidos como as recompensas internas de uma determinada atividade ou ação, por exemplo o prazer, o interesse, a realização pessoal ou a satisfação de uma curiosidade; por outro lado, existem os fatores extrínsecos, ou seja, as recompensas externas daquela atividade ou ação, por exemplo: uma promoção no emprego, aprovação das pessoas, premiações ou o retorno financeiro[2,3,4,5].

Logo, quando observamos o nosso contexto atual de isolamento social e, consequentemente, o seu impacto psicológico no cotidiano das pessoas, percebermos a maneira como a motivação e o engajamento nas atividades do cotidiano impactam e são impactadas por esse contexto. Assim, a falta de perspectiva acerca da retomada de uma rotina normal, criou um distanciamento com relação as recompensas e aos retornos das atividades e ações do cotidiano, gerando obstáculos para o envolvimento em novas atividades e, também, a manutenção daquelas iniciadas antes do período de isolamento.

Dessa forma, a perda do controle com relação às atividades e objetivos irá impactar, em um primeiro momento, as recompensas e os aspectos motivacionais extrínsecos, dificultando o engajamento nas próprias atividades, visto que se perde a perspectiva de algum retorno por aquela atividade[2,4]. Com isso, há uma desorganização nos estados emocionas e psicológicos, levando a um processo de perda dos aspectos motivacionais intrínsecos, uma vez que não há uma perda de satisfação na manutenção daquela atividade[3].

Essa perda motivacional e de engajamento nas atividades do cotidiano promove um ciclo de diminuição do número de atividades e de diminuição gradativa da motivação, até que a pessoa não consegue se envolver em alguma atividade ou não sente prazer em nenhuma atividade.

Portanto, é importante mantermo-nos atentos para estabelecer novas rotinas capazes de gerar ânimo e satisfação, visto que muitas das rotinas anteriores ao isolamento social não são possíveis de serem retomadas. Além disso, é importante buscar agir a partir dos fatores de motivação internos, ou seja, dos fatores intrínsecos. Outro ponto importante é concernente ao estabelecimento de novas metas e objetivos para as atividades, os quais sejam mais adequados e realistas com a nova realidade do isolamento social[1].

Assim, é preciso agir e não esperar que nos sintamos dispostos para agir, ou seja, precisamos entender que é preciso agir para ter ânimo e não esperar ter ânimo para poder agir[1].


LEIA MAIS COLUNAS:
Estresse e controle do estresse
Felicidade e Saúde Mental
Atividade física e bem-estar psicológico
Mídias Sociais e Saúde Mental


Referências

[1] GOTTI, Eduardo Sousa, et al. Ativação em casa: Princípios de ativação comportamental para minimização dos efeitos do isolamento social. Revista Brasileira de Análise do Comportamento. [S.I.], 2020, v.16, n.1, p.41-49. Disponível em <https://periodicos.ufpa.br/index.php/rebac/article/view/9096>. Acesso em: 26/09/2020.

[2] PANSERA, Simone Maria, et al. Inflammation: Motivação intrínseca e extrínseca: diferenças no sexo e na idade. Psicologia Escolar e Educacional. São Paulo, 2016, v.20, n.2, p.313-320. Disponível em: <https://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1413-85572016000200313&script=sci_arttext>. Acesso em: 26/09/2020.

[3] MASSARELLA, Fábio Luiz. Motivação intrínseca e o estado mental flow em corredores de rua. 2007. Dissertação (Mestrado em Educação Física) – Universidade Estadual de Campinas, 2007. Disponível em: <http://repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/275194>. Acesso em: 26/09/2020.

[4] SOUZA, Elaine Fortes Machado. Motivação para melhor desempenho. 2004. Dissertação (MBA em Administração Judiciária), 2004.

[5] LIRA, Miguel; SILVA, Victor Paulo Gomes da. Motivação Intrínseca vs. Motivação Extrínseca: a aplicação da escala WPI no contexto do setor público português. Revista de Gestão, Finanças e Contabilidade. Salvador, 2015, v.5, n.4, p.171-195. Disponível em: <https://www.revistas.uneb.br/index.php/financ/article/view/1126>. Acesso em: 26/09/2020.

Arthur Serraino
Psicólogo clínico, esportivo e orientador profissional. Especialista em Orientação Profissional e de Carreira e Orientação Profissional para Universitários pela Universidade de São Paulo (USP). CRP 06/135089

Faça um comentário

Deixe seu comentário

Artigos Relacionados

Redes Sociais

3,193FãsCurtir
603SeguidoresSeguir
56SeguidoresSeguir

Atualizações

Pessoas que contraíram covid-19 podem doar sangue após 30 dias

Até o momento, não houve evidências científicas de que o Sars-CoV-2 possa ser transmitido através de transfusões de sangue. Mesmo assim, os bancos de sangue e hemocentros têm tido cautela em relação ao assunto, como prevenção.

Pfizer inicia processo de registro para vacina contra Covid-19 na Anvisa

Para agilizar a análise dos documentos, a Anvisa determinou que os laboratórios que desenvolvem vacinas contra a covid-19 registrem os resultados progressivamente.

Câncer de pênis: Mais de mil homens têm o órgão amputado por falta de higiene no Brasil

A má higiene íntima, fimose, HPV, uso de tabaco, relações sexuais desprotegidas e falta de informação são algumas das principais causas da doença.

Substância presente em chá de Ayahuasca estimula formação de novos neurônios

Estudo de universidade espanhola mostra que substância alucinógena pode contribuir para tratamento de doenças psiquiátricas e neurodegenerativas.

Cientistas revertem o processo de envelhecimento humano pela primeira vez

Uma nova pesquisa descobriu que tratamentos com oxigênio de alta pressão podem reverter dois processos associados ao envelhecimento e suas doenças.