Fiocruz inicia testes com BCG para combate ao novo coronavírus

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) iniciou nesta segunda-feira (16), no Rio de Janeiro, os testes do Brace Trial Brasil (BTB), estudo com o uso da vacina BCG (Bacillus Calmette-Guérin) com o objetivo de reduzir o impacto da Covid-19 em profissionais de saúde. Serão vacinados 10 mil voluntários, sendo mil no Rio de Janeiro e dois mil em Mato Grosso do Sul.

A BCG é utilizada para prevenir as formas graves de tuberculose na infância, também é reconhecida por gerar uma resposta imunológica ampla contra outras infecções. Estudos sugeriram que poderia oferecer proteção contra a infecção pelo novo coronavírus por provocar ação celular contra organismos como vírus, bactérias, protozoários intracelulares, por meio da resposta imune inata. 

Antes de receber a vacina, os voluntários passarão por entrevista e testagem. Todos serão acompanhados pela equipe de pesquisa por até um ano, por meio de ligações telefônicas semanais. Caso apresentem qualquer sintoma de Covid-19, poderão fazer a coleta do swab nasal para avaliar a presença de Sars-Cov-2. Além disso, segundo a Fundação, retornos trimestrais serão agendados para verificar a presença de possíveis infecções assintomáticas. 

Esta fase do ensaio clínico será coordenada pela pneumologista e pesquisadora da Fiocruz Margareth Dalcolmo, e o recrutamento dos voluntários será feito no Centro de Referência Professor Hélio Fraga (CRPHF), e no Centro de Estudos da Saúde do Trabalhador e Ecologia Humana (Cesteh). O interessado em ser voluntário pode se inscrever na página da Fiocruz.


LEIA MAIS:
Moderna afirma que sua vacina é 94,5% eficaz na prevenção de Covid-19
“Não sabemos se o Brasil terá a segunda onda da Covid-19″
Diabetes é responsável por 43 amputações diárias no Brasil
 

Infohealth
Primeiro site de notícias de saúde do Brasil.

Faça um comentário

Deixe seu comentário

Artigos Relacionados

Redes Sociais

3,792FãsCurtir
603SeguidoresSeguir
56SeguidoresSeguir

Atualizações