Vacina reduz o risco de hospitalização por Covid-19, sugere estudo escocês

A campanha de vacinação da Escócia parece estar reduzindo significativamente o risco de hospitalização por Covid-19, de acordo com resultados preliminares de estudo, divulgados nesta segunda-feira (22). Os dados sugerem que as vacinas da Pfizer-BioNtech e da Oxford-AstraZeneca são altamente eficazes na prevenção de infecções graves.

Os cientistas, de cinco universidades e do sistema público de saúde do país, analisaram dados de toda a população da Escócia – de 5,4 milhões de pessoas – entre 8 de dezembro e 15 de fevereiro. Nesse período, 1,14 milhões de doses foram aplicadas; 21% da população recebeu uma primeira dose. Cerca de 650 mil pessoas receberam a vacina da Pfizer e 490 mil, a de Oxford.

Os dados mostraram que na quarta semana após a dose inicial, as vacinas Pfizer e AstraZeneca reduziram o risco de hospitalização em até 85% e 94%, respectivamente.

“Esses resultados são muito encorajadores e nos deram grandes razões para sermos otimistas quanto ao futuro”, disse Aziz Sheikh, professor do Instituto Usher da Universidade de Edimburgo que co-liderou o estudo, em coletiva de imprensa.

O professor também destacou que os resultados são preliminares, e ainda devem serem revisados ​​por cientistas, mas acrescentou: “Estou muito animado. Agora temos evidências nacionais de que a vacinação oferece proteção contra hospitalizações por Covid-19.”

Ele disse esperar que outros países usando as mesmas duas vacinas e uma estratégia semelhante veriam um impacto positivo semelhante na redução do número de pessoas hospitalizadas.

Entre aqueles com 80 anos ou mais – um dos grupos de maior risco – a vacinação foi associada a uma redução de 81% no risco de hospitalização na quarta semana, quando os resultados de ambas as vacinas foram combinados.


LEIA MAIS:
Pfizer e BioNTech começam a testar vacina contra covid-19 em grávidas
4 pontos para entender as novas mutações do Sars-Cov-2
Imunidade pós-vacina pode demorar semanas, dizem especialistas

Infohealth
Primeiro site de notícias de saúde do Brasil.

Faça um comentário

Deixe seu comentário

Artigos Relacionados

Redes Sociais

3,814FãsCurtir
603SeguidoresSeguir
56SeguidoresSeguir

Atualizações