Butantan começa a distribuir 3,9 milhões de vacinas contra covid-19

O governo do Estado de São Paulo anunciou nesta terça-feira (23) o envio de 3,9 milhões de doses da vacina contra o novo coronavírus ao Programa Nacional de Imunizações (PNI) do Ministério da Saúde. No total, serão 5,6 milhões de doses no período de 5 de fevereiro a 5 de março, 65% a mais do volume previsto inicialmente.

“O Instituto Butantan hoje lidera a distribuição de vacinas no país. O Brasil vai receber, até 30 de abril, 46 milhões de doses da vacina e, até 30 de agosto, mais 54 milhões de doses da vacina do Butantan. Até 30 de agosto nós teremos entregue 100 milhões de doses da vacina do Butantan”, destacou o Governador João Doria, em nota..

Nesta terça-feira (23), o Instituto fará a distribuição de 1,2 milhão de doses e, na quarta-feira (24), serão entregues mais 900 mil frascos da vacina. Para 25, 26 e 28 de fevereiro ainda estão previstas liberações de 600 mil doses diárias. Desta forma, de hoje até domingo, São Paulo fornecerá um total de 3,9 milhões de doses ao Plano Nacional.

No início de março, serão disponibilizados mais 1,7 milhão de vacinas para a imunização do país, estando previstas remessas de 600 mil doses no dia 02/03, de 500 mil em 04/03 e de mais 600 mil para 05/03.

As doses enviadas hoje fazem parte do lote de imunizantes envasados no Butantan com o Insumo Farmacêutico Ativo (IFA) enviado pela Sinovac Life Science, da China. O instituto já entregou 90% de todas as vacinas usadas na rede pública do país e criou uma força-tarefa para envasar, em ritmo acelerado, doses para a entrega ao PNI.

Vacinação em São Paulo

De acordo com a nota divulgada, o estado de São Paulo ultrapassou a marca de 2 milhões de vacinas aplicadas contra covid-19, às 18h17 do último domingo (21).

Na manhã desta terça-feira (23), o Vacinômetro apontava 2.070.040 imunizações no estado de São Paulo, sendo 1.665.803 da primeira dose e outras 407.237 para a segunda dose.


Foto: Marcelo Camargo | Agência Brasil


LEIA MAIS:
Anvisa aprova registro definitivo da vacina da Pfizer contra Covid-19
Vacina reduz o risco de hospitalização por Covid-19, sugere estudo escocês
Pfizer e BioNTech começam a testar vacina contra covid-19 em grávidas

Infohealth
Primeiro site de notícias de saúde do Brasil.

Faça um comentário

Deixe seu comentário

Artigos Relacionados

Redes Sociais

3,697FãsCurtir
603SeguidoresSeguir
56SeguidoresSeguir

Atualizações