Anvisa aprova venda de medicamento utilizado no kit intubação


A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou, nesta terça-feira (30), a venda no mercado de medicamento utilizado para intubação de pacientes com covid-19. A comercialização será realizada com regras mais flexíveis, conforme previsto na RDC 484/2021.

A novidade é que esse é o primeiro medicamento autorizado apenas com notificação.

A resolução “dispõe sobre procedimentos temporários e extraordinários para a autorização em caráter emergencial, de medicamentos anestésicos, sedativos, bloqueadores neuromusculares e outros medicamentos hospitalares usados para manutenção da vida de pacientes no enfrentamento da emergência de saúde pública de importância nacional decorrente do surto do novo coronavírus (SARS-CoV-2)”, conforme publicado no Diário Oficial da União.

O medicamento, fabricado pela União Química, a mesma que está produzindo a vacina Sputnik V, tem como princípio ativo o Besilato de Cisatracúrio. A substância é um bloqueador neuromuscular injetável, de uso hospitalar, utilizado na sedação para intubação de pacientes com a Covid-19.

O objetivo da flexibilização, segundo a Anvisa, foi manter o abastecimento regular dos medicamentos utilizados no processo de intubação. A medida foi tomada diante do risco de desabastecimento desses remédios em vários estados, conforme apontado tanto pelos governos estaduais quanto pelo Ministério da Saúde.


Foto: Governo do Estado de São Paulo


LEIA MAIS:
Pessoas com HIV/Aids também terão prioridade para vacina contra Covid
Jovens continuam indo a festas, apesar da Covid-19
“Kit covid” e os riscos à saúde

Infohealth
Primeiro site de notícias de saúde do Brasil.

Faça um comentário

Deixe seu comentário

Artigos Relacionados

Redes Sociais

3,814FãsCurtir
603SeguidoresSeguir
56SeguidoresSeguir

Atualizações