ECMO: saiba como funciona a terapia que está sendo utilizada em pacientes com Covid-19

0
10762

Internado desde o dia 13 de março por complicações decorrentes da Covid-19, o ator Paulo Gustavo apresentou piora no estado clínico, precisando da ajuda de um “pulmão artificial”. A terapia, a qual o ator foi submetido, é chamada de ECMO (Oxigenação por Membrana Extracorpórea), um método que auxilia na oxigenação dos pulmões e no bombeamento do coração.

https://www.facebook.com/Paulo.Gustavo.oficial/photos/a.220364167990190/4692521630774399/

Em decorrência dos sérios danos que o novo coronavírus causa nos pulmões, frequentemente, a técnica tem sido utilizada no tratamento de pacientes graves acometidos pela infecção, aumentando as chances de sobrevida do paciente.

A ECMO funciona como um suporte através de dispositivos mecânicos — um circuito de tubulações, bomba, oxigenador e aquecedor instalados fora do corpo — para realizar a oxigenação artificial sanguínea, assim, devolvendo o sangue oxigenado ao organismo e evitando a sobrecarga dos órgãos comprometidos. 

A terapia, segundo o Conselho Regional de Biomedicina da 5ª Região, não é a primeira opção de escolha dos médicos para um paciente. Primeiramente, são priorizados tratamentos mais convencionais, como medicamentos, sessões de fisioterapia, posicionamento do paciente ou ventilação mecânica. No entanto, quando o paciente não responde a nenhum desses tratamentos, chegando a um quadro grave, a oxigenação por membrana extracorpórea é utilizada.

O Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA) é pioneiro na região Sul do país na utilização da técnica em pacientes infectados pelo novo coronavírus. No entanto, o tratamento, que exige um custo alto de cerca de 30 mil a cada uso, não é disponibilizado pelo Sistema Único de Saúde (SUS).


Qual a diferença do ventilador mecânico?

Os ventiladores mecânicos também são aparelhos fundamentais para o tratamento de pacientes acometidos pela Covid-19, que sofrem com a insuficiência respiratória. Diferente da ECMO, que atua como um órgão artificial, o aparelho ajuda o oxigênio a entrar nos pulmões, controlando o processo que envolve as trocas de gases, dando pressão para os pulmões ficarem abertos, o que auxilia na respiração do paciente. Normalmente, são utilizados tubos plásticos, que são inseridos na traqueia, por meio da boca, nariz ou diretamente no órgão.


Foto: Conselho Regional de Biomedicina da 5ª Região/Divulgação


LEIA MAIS:

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here