Covid-19 e Influenza: saiba o período correto de intervalo entre as vacinas

0
270
Vacinação drive thru na Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ), zona norte do Rio. A cidade do Rio de Janeiro retoma hoje (25) sua campanha de aplicação da primeira dose da vacina contra a covid-19 em idosos da população em geral. Hoje serão vacinados os idosos com 82 anos.

O Sistema Único de Saúde (SUS) inicia hoje, 12, a 23ª Campanha Nacional de Vacinação contra a gripe, que se estende até o dia 9  de julho em todo o Brasil. A campanha tem por objetivo imunizar, pelo menos, 90% do grupo prioritário, que é composto por crianças de 6 meses a menores de 6 anos de idade, idosos a partir dos 60 anos, gestantes, indígenas, trabalhadores da saúde, professores e mais 10 grupos. No entanto, em paralelo, está sendo realizada a vacinação em massa contra a Covid-19.

É imprescindível que a dose da vacina contra a Influenza seja tomada, pois contribui para evitar, ainda mais, a sobrecarga no sistema de saúde, além de reduzir os sintomas da gripe, que podem ser confundidos com os do novo coronavírus.  Contudo, é preciso estar atento quanto ao intervalo que deve ser respeitado entre uma dose e outra de ambos os imunizantes. Devido à ausência de estudos sobre a coadministração das vacinas, o Ministério da Saúde não indica a aplicação das duas doses simultaneamente.

A orientação do governo federal é de que o intervalo mínimo entre as vacinas seja de 14 dias. O governo ressalta que as pessoas que fazem parte do grupo prioritário para a vacinação contra a Influenza e que não foram vacinadas contra a Covid-19, priorizem primeiro a dose contra o novo coronavírus e depois do intervalo recomendado tome a vacina contra a gripe.

O médico infectologista Hemerson Luz explicou à Agência Brasil que o intervalo de duas semanas entre as aplicações é recomendado para que a vacina consiga gerar resultados, com a produção de anticorpos correspondentes aos efeitos de cada imunizante. Ele, ainda, explica que os calendários foram pensados para evitar divergências entre as doses.

“O planejamento vai ser feito da seguinte forma: a vacinação contra a influenza vai começar por crianças e gestantes, que não estão incluídas na vacina da covid-19. Isso vai dar tempo de resposta para começar a campanha, enquanto os mais idosos estão sendo vacinados contra a covid-19”, afirma Luz à Agência Brasil.

Confira o calendário de vacinação contra a gripe definido pela Secretaria Estadual da Saúde (SES) do seu Estado.


Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil


LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here