Uma dose das vacinas Pfizer ou AstraZeneca reduz infecção por Covid-19 em até 65%, aponta estudo

0
186

Um estudo realizado no Reino Unido descobriu que uma dose das vacinas Pfizer e AstraZeneca já demonstra alta resposta imunológica contra a Covid-19, diminuindo em 65% a probabilidade de infecção pelo novo coronavírus. Ainda que as descobertas apresentem resultados satisfatórios, os cientistas do estudo alertam para a importância de serem administradas as duas doses de ambos os imunizantes. 

O estudo, divulgado em pré-publicação, foi realizado em conjunto com a Universidade de Oxford  e o Office for National Statistics (ONS). 

A pesquisa realizou testes com cerca de 370 mil voluntários do Reino Unido entre dezembro e abril. O resultado revelou que 21 dias – período em que o organismo leva para apresentar resposta imunológica – após a primeira aplicação das vacinas as infecções caíram para 65%. Foi identificada uma alta resposta imunitária em todas as faixas etárias após a primeira dose de um dos imunizantes. 

De acordo com o estudo, as aplicações tanto com a vacina da Pfizer quanto com a da AstraZeneca foram eficazes em pessoas com mais de 75 anos e pessoas com problemas de saúde latentes, quanto em pessoas mais novas e saudáveis. 

As primeiras doses das vacinas foram mais eficazes contra casos sintomáticos do que assintomáticos, em comparação com as taxas de infecção observadas na população não vacinada. Após a imunização com a primeira dose, em três semanas, os casos sintomáticos  diminuíram em 72% e dos assintomáticos em 57%.

Os pesquisadores afirmaram ao The Guardian que as descobertas foram fundamentais para a decisão do governo do Reino Unido priorizar a imunização das primeiras doses em idosos e pessoas mais vulneráveis.  “Não houve evidência de que as vacinas fossem menos eficazes entre os idosos ou aqueles com problemas de saúde de longo prazo”, disse Koen Pouwels, um dos pesquisadores do estudo.

Os pesquisadores investigaram, também, a segunda dose da vacina da Pfizer, que aumentou ainda mais a proteção contra o novo coronavírus. Os casos sintomáticos caíram para 90% e os assintomáticos, 70%. Na vacina da AstraZeneca o teste não foi realizado, uma vez que ela foi aprovada mais tarde, não podendo ser realizada a avaliação da segunda dose. 


Foto: Freepik.com


LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here