Higienização das mãos: um ato simples que previne infecções, incluindo a Covid-19

0
142
Man washing hands carefully with soap and sanitizer, close up. Prevention of pneumonia virus spreading, protection against coronavirus pandemia. Hygiene, sanitary, cleanliness, disinfection. Safety.

O Dia Mundial de Higienização das Mãos, data instituída pela Organização Mundial da Saúde (OMS), busca ressaltar a importância da correta higienização das mãos, uma vez que o simples ato de lavar as mãos com água e sabão pode prevenir inúmeras doenças infecciosas. No atual cenário de pandemia, essa medida torna-se ainda mais fundamental na luta contra o novo coronavírus.

Nossas mãos diariamente entram em contato com diversas superfícies e objetos, que podem estar carregados por centenas de microrganismos, como as bactérias e os vírus. Desse modo, as mãos acabam sendo vetores de transmissão de doenças que podem ser evitadas, como gripes, resfriados, infecções respiratórias, leptospirose e hepatite A. 

Um estudo realizado pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) revelou que 41% das mortes de recém-nascidos podem ser evitadas com a simples medida de higienizar as mãos, jogando literalmente água abaixo a infecção trazida por esses microrganismos. 

Segundo a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), no Brasil, aproximadamente 25% das infecções registradas são causadas por microrganismos multirresistentes – aqueles que se tornam imunes à ação dos antibióticos.

Por isso, é fundamental higienizar as mãos após tocar superfícies e objetos; ao espirrar, tossir e tocar o nariz; entre as refeições; ao ir ao banheiro; após utilizar transportes públicos; ao visitar hospitais, clínicas e estabelecimentos; quando chegar em casa ou no trabalho; e sempre que perceber que elas estão visivelmente sujas.

No entanto, apesar de ser um ato básico e simples, é necessário realizar o procedimento de maneira adequada.  Para garantir que a limpeza das mãos seja efetiva, o processo deve durar entre 40 a 60 segundos.

Abaixo, saiba como higienizar corretamente suas mãos, seguindo as instruções da Anvisa:

  • Abra a torneira, evitando encostar na pia, e aplique o sabonete na palma da mão e ensaboe.
  • Esfregue as palmas das mãos entre si e contra o dorso de cada mão.
  • Entrelace os dedos e friccione os espaços entre cada dedo.
  • Esfregue o dorso dos dedos de cada mão com a palma da mão oposta, segurando os dedos, com movimento de vai-e-vem.
  • Esfregue os polegares realizando movimentos circulares.
  • Com a mão fechada em concha, friccione as polpas digitais e unhas contra a palma da mão fazendo movimentos circulares.
  • Esfregue os punhos realizando movimentos circulares.
  • Enxágue as mãos, evitando contato direto das mãos ensaboadas com a torneira.
  • Seque com uma toalha ou papel-toalha limpos, iniciando pelas mãos e seguindo pelos punhos.

A higienização adequada das mãos é ainda mais indispensável para aqueles que cuidam de bebês, pessoas acamadas ou que possuem o sistema imunológico enfraquecido devido à doenças. Segundo a OMS, a maioria das infecções associadas a cuidados de saúde podem ser prevenidas com uma higiene adequada das mãos. Desse modo, a organização recomenda aos profissionais de Saúde cinco momentos fundamentais em que a higienização das mãos é necessária, são eles:

  1. Antes de contato com um paciente;
  2. Antes da realização de procedimentos assépticos;
  3. Após risco de exposição a fluidos corporais;
  4. Após contato com um paciente;
  5. Após contato com as áreas próximas ao paciente. 

Proteja sua saúde e a saúde do próximo, higienize sempre de maneira adequada as suas mãos.


Foto: Freepik.com


LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here