Sinal e sintoma: você sabe a diferença?

0
59

Quando estamos com alguma patologia costumamos descrever os sinais e os sintomas durante uma consulta médica, como febre, coriza, dor no corpo e cansaço. Com frequência, esses dois termos são utilizados como sinônimos, quando na verdade devem ser vistos como manifestações diferentes. 

Mas, afinal, qual a diferença entre os sinais e os sintomas de uma doença? A seguir, explicamos o porquê de esses termos não devem ser usados como sinônimos.

Sinais

Os sinais de uma doença são dados objetivos, manifestações clínicas que podem ser percebidas por outra pessoa ou pelo médico durante uma consulta através do exame físico. O sarampo, por exemplo, apresenta sinais perceptíveis, como as erupções  cutâneas, em formato de manchas e pintas vermelhas espalhadas pelo corpo, assim como a pele e os olhos amarelados podem ser sinais de hepatite.

Sintomas

Diferente dos sinais, os sintomas são as queixas relatadas pelo paciente no momento da consulta. No consultório, durante a anamnese (entrevista médica), costumamos relatar ao médico os motivos que nos levaram a buscar o profissional. Por exemplo, quando estamos gripados, geralmente sentimos dor de cabeça, dor de garganta e dores no corpo. Estes são sintomas que não podem ser identificados pelo médico apenas por meio da análise física, visto que é necessário ouvir o relato do paciente sobre o que ele está sentindo. 

Importância para o diagnóstico

Como podemos perceber, os sinais e os sintomas de patologias são dois termos distintos, que dependem da relação médico-paciente. Por um lado, temos o paciente que descreve todos os sinais e sintomas de sua condição. Por outro, o profissional que irá somar as análises realizadas no exame físico com os relatos do paciente durante a anamnese.

Os sinais e sintomas são elementos essenciais que permitem ao profissional ter maior clareza sobre a condição do paciente. Quando associados e somados a demais exames, quando necessário, permitem chegar à conclusão do diagnóstico.


Foto: Freepik


LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here