Câncer de próstata: a importância da prevenção e do diagnóstico precoce

0
52

A próstata é uma glândula que faz parte do sistema reprodutor masculino, sendo localizada na parte inferior do abdômen –  abaixo da bexiga. Ela engloba a porção inicial da uretra, tubo pelo qual a urina armazenada na bexiga é eliminada. Esse órgão tem como principal função produzir o líquido prostático que protege e nutre os espermatozoides no sêmen.

O câncer de próstata é considerado o segundo tipo de câncer mais comum entre os homens, ficando atrás apenas do câncer de pele não-melanoma. De acordo com o Instituto Nacional de Câncer (Inca), mais do que qualquer outro tipo, ele é considerado um câncer da terceira idade, visto que cerca de 75% dos casos no mundo ocorrem a partir dos 65 anos de idade.

No Brasil, as estimativas do Inca indicam que ocorrem 65.840 novos casos da doença para cada ano do triênio 2020-2022. Um índice que corresponde a um risco estimado de 62,95 casos novos a cada 100 mil homens.

Considerando que a incidência e a mortalidade aumentam significativamente após os 50 anos, a idade está entre os maiores fatores de risco para o câncer de próstata. Além disso, fatores genéticos, estilo de vida, obesidade e exposição a determinados químicos também podem aumentar os riscos para o desenvolvimento da doença.

Sinais e sintomas

Na fase inicial, o câncer de próstata evolui de forma assintomática. Os sintomas tendem a surgir quando a doença se encontra em uma fase mais avançada. Nesta fase, os sintomas apresentados são:

  • dor óssea;
  • dor ao ejacular ou urinar;
  • jato de urina fraco;
  • vontade de urinar com frequência;
  • presença de sangue na urina ou esperma;
  • infecção generalizada ou insuficiência renal, em casos mais graves.

Ao identificar os sintomas, é importante procurar um médico para melhor investigar o caso e indicar um tratamento adequado. 

Importância do diagnóstico precoce

Por ser um tipo de câncer silencioso em sua fase inicial, o que dificulta a cura, a realização do exame de próstata anualmente é fundamental. A detecção precoce do câncer, segundo o Inca, é uma estratégia utilizada para encontrar um tumor numa fase inicial, o que possibilita maior chance de tratamento bem sucedido.

Para o câncer de próstata, os exames realizados são o de toque retal e o exame de sangue para avaliar a dosagem do PSA (antígeno prostático específico). A confirmação do diagnóstico é feita através da biópsia prostática por via trans-retal ou trans-perineal e guiada por ultrassonografia e/ou ressonância magnética.

Em pacientes com história familiar de câncer de próstata (pai ou irmão) antes dos 60 anos, é recomendado que os exames sejam realizados a partir dos 45 anos. Busque sempre conversar com o seu médico para receber a melhor orientação. 

Cuidados com a saúde

Pequenas mudanças no estilo de vida podem contribuir para a prevenção do câncer de próstata. Adotar hábitos saudáveis é fundamental não só contra o câncer, como em inúmeras outras patologias. 

Por isso, opte por dietas ricas em alimentos naturais, como frutas, verduras e legumes, grãos e cereais integrais. Evite o consumo de alimentos processados e ultraprocessados, estes possuem alto teor de gorduras, sódio, açúcares e demais ingredientes prejudiciais à saúde. Além disso, demais medidas podem ser tomadas, como:

  • praticar exercícios físicos regularmente;
  • manter o peso adequado;
  • não fumar;
  • não consumir bebidas alcoólicas;
  • realizar os exames preventivos;
  • visitar regularmente um médico.

Foto: Freepik


LEIA MAIS
Mudança nos hábitos alimentares pode reduzir risco de câncer de próstata
Alimentos in natura: a base para uma alimentação saudável

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here