Testes genéticos: conheça o DNHygia Bem-estar


Nosso organismo necessita de uma série de nutrientes essenciais, como os minerais e as vitaminas, para manter um bom funcionamento. Esses nutrientes são essenciais para manter, por exemplo, o bom funcionamento do metabolismo, do sistema imunológico, para a produção de hormônios, entre outras funções que promovem saúde ao organismo. No entanto, muitas vezes, não sabemos se estamos consumindo de forma adequada tudo o que nosso corpo realmente necessita. 

Aliás, cada nutriente pode atuar e ser absorvido de forma diferente no corpo de um indivíduo. Você já imaginou ser possível identificar como seu organismo reage a absorção de nutrientes e, a partir disso, realizar uma dieta personalizada com base nos dados contidos no seu DNA? Por exemplo, descobrir que seu corpo necessita mais de minerais como o cálcio do que vitaminas como a A e, assim, traçar um plano alimentar com base na carência desse nutriente. 

Entender como seu corpo absorve os nutrientes é fundamental para obter uma dieta mais eficiente e benéfica para a sua saúde. Para isso, contamos com o DNHygia Bem-estar, um teste genético com 43 variantes genéticas de 38 genes associados à nutrição e ao metabolismo. 

Para que serve o teste genético DNHygia Bem-estar?

O DNHygia Bem-estar visa identificar quando um indivíduo tem propensão genética a valores baixos de minerais específicos, como ferro, zinco, selênio, magnésio, cálcio, além da sensibilidade ao sal, necessidade de antioxidantes e vitaminas B6, B9, B12, A, C, D e E, conforme explica o nutricionista e diretor científico da DNHygia, Lázaro Medeiros, mestre em bioquímica e biologia molecular.

Por meio da realização do teste, é possível reduzir de forma significativa os impactos negativos no organismo causados pelas deficiências de micronutrientes e dos malefícios do sódio. “O principal benefício do teste é identificar nossa propensão genética à carência de nutrientes”, explica Medeiros. 

Desse modo, Medeiros destaca que é possível personalizar a alimentação e suplementação priorizando os nutrientes que compreendem o teste. “Uma vez que entendemos o nosso caminho de predisposições genéticas, é bem mais fácil ajustar as estratégias que nos oferecem mais qualidade de vida e longevidade”, pontua. 

Para quem é indicado?

O DNHygia Bem-estar é indicado principalmente quando um indivíduo necessita de suplementação personalizada, apresenta alterações nos nutrientes que abrangem o teste, passa por restrições alimentares, possui doenças tireoidianas, além de apresentar doenças inflamatórias intestinais. O teste, ainda, é recomendado para pacientes pós-tratamento quimioterápico e pós-bariátricos.


LEIA MAIS
Nutrição personalizada por testes genéticos
A depressão e os testes genéticos

Bruna Faraco
Jornalista formada pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS), radialista e fotógrafa.

Faça um comentário

Deixe seu comentário

Artigos Relacionados

Estudo encontra microplásticos na placenta de mulheres grávidas

Os microplásticos são gerados pela degradação de grandes peças de plástico que foram abandonadas no meio ambiente. As partículas têm menos de cinco milímetros e já foram encontradas em oceanos, solo, peixes e mamíferos, entre outros.

Redes Sociais

3,814FãsCurtir
603SeguidoresSeguir
56SeguidoresSeguir

Atualizações